29/05/2010

pequeno grande amor!

Hoje vou falar de ti, mais um vez.
Não consigo evitar de não te amar, de não ficar babada perante tanta beleza e tanta inocência! Não assisti ao teu nascimento e com muita pena minha , mas mal te peguei nos braços pela primeira vez amei-te o mais que pude! A sensação de paz que me trouxeste é a mesma de hoje quando te pego ao colo. És uma das melhores partes de mim, o meu pequeno GRANDE amor! Sentir a tua falta é inevitável, e o teu abraço faz-me falta todos os dias. Consigo adorar tudo em ti , até os teus tão típicos amuos que tiram qualquer um do sério. "Humm cá bom." ; que bom gostar de ti e amar-te por seres assim tão refilão, tão querido, tão trapalhão, tão único, tão inocente, tão traquina, tão independente (que queres ser, mas ainda não o podes ser) e tão meu.

Guilherme ♥

8 comentários:

N. # disse...

que doce de criança *_* coisa mái lindaa :) <3

Nés, disse...

coisa tão fofaa

RitaC disse...

Ohhh *.* lindo!

M' disse...

Que criança tão qerida, sai mesmo a ti *.*

Lu disse...

como eu percebo este amor *.*
eu tenho uma Mariana assim muito fuofa tambem :D

Margarida C' disse...

Este texto fez-me lembrar o meu irmão, fez dia 19 um aninho, também se chama Guilherme :P
Realmente estes pequeninos são o que de melhor se pode ter na vida.
Beijinho

silênciodosegredo. disse...

tao lindo $:

© color dream , disse...

que fofura +.+